sábado, 5 de março de 2011


FILOSOFIAS GRACELIANA.

1- ABSOLUTISMO E ORDENALISMO.

A realidade segue uma ordem regida por poderes do absoluto.

E este direcionamento de ordem suprema que direção, harmoniza, determina, produz e aprimora direcionalmente para o futuro.



2-CRACIOLOGISMO. A realidade é o poder.

3- UNIVERSALISMO – que engloba o poder, as potências e as formas de realidades e as suas mudanças.


4-TRANSCENDENTALISMO. A realidade dos fenômenos que sofrem a influência dos poderes.

Ver crítica da razão transcendental.

5-VITALICISMO. A razão e a realidade vital constrói e produz o homem e o seu pensamento.

A razão e a lógica desenvolvida pelo homem é uma consequência da razão e inteligência vital.

Que faz parte da universalidade da realidade e da razão.

E que é uma consequência do poderes e da ordem absoluta que impera sobre o cosmo, a realidade, o ser, a vitalidade e a razão.

6-EXISTENCIALICISMO. A essência da realidade é existir. O ser vital existe e se processa para desenvolver uma vontade superior – que é a vontade de Deus.

7-METAFENOMENALISMO. O que rege a realidade não é a matéria ou o fenômeno. Mas o universo metafenomênico. E propósito existencial.


Deus não é um fenômeno. É um poder, é uma racionalidade, sem forma e sem densidade, e sem materialidade. Mas se assim o querer pode ter forma e densidade.


A vida é uma essência não material constituída de poder vital e potencialidade.

O ser é a vida com o fenômeno e a matéria.

O tempo não existe como coisa em si.

A racionalidade é também uma essência de poder e potencialidade.

Pois, o divino e os espíritos possuem racionalidade e não são fenômenos produzidos pela matéria.

 E os espíritos conhecem o medo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário