sábado, 5 de março de 2011


Vitalpsicofuncionalidade.

PSICOVITALTRANSCENDENTALIDADE.
Mecanismo criados pela vitalidade para produção e transferência da vida. Sempre em direção a perfeição.


1-CRIA MECANISMO PARA A TRANSFERÊNCIA DE CARACTERÍSTICAS dos seres aos descendentes.
Genética.



2-CRIA MECANISMOS DE APERFEIÇOAMENTO DE CARACTERÍSTICAS FUNCIONAIS, metabólicas, morfológicas que são transmitidas a novos seres.
Evolução psicodirecionada.



3-CRIA CAPACIDADE DE COORDENAR TODAS AS FUNÇÕES vitais, psíquicas, metabólicas, e transcendentais, produzir anticorpos compatíveis a invasores ao perfeito funcionamento anteriormente programado.
Psicovitalismo.


4-CRIA MECANISMO DE PRODUZIR E SINTETIZAR elementos químicos, funções físicas, químicas, biológicas, metabólicas, de produção de energia no interior do ser.  De mecanismos psíquicos.
Psicovitalbiofisicoquimico.


5- vitalfisica – criação pela vitalidade de absorver e metabolizar energia.


6- vitalquimica- criada pela vitalidade para transformar e metabolizar elementos químicos.


7- vitalpsiquica –criada pela vitalidade para coordenar todas as funções vitais, físicas, químicas, de energia, metabólicas, de defesa e ataque [ reconhecimento de invasores e produção de anticorpos]. de reprodução, transferência da vida na produção de descendentes. E a psíquica.






Teoria da vitalfuncionalidade.

Mecanismos criados pela vitalidade para a funcionalidade, perfeição e transcendência da vida.



A BALANÇA DA VIDA.

Os seres menores de tamanho e de peso são os que têm mais tempo de vida, em proporção ao seu tamanho, se compararmos o seu tamanho e peso com os outros seres maiores.

Se compararmos uma formiga com o homem, veremos que a formiga pode passar de mil anos.

Este é um dos grandes enigmas da vida e da evolução, pois se os maiores são os mais evoluídos e produzem maiores funções vitais.

Por que a evolução não produziu capacidades vitais para manter estes seres com maior tempo de vida?

A resposta pode estar no elemento primordial para a vida e para a morte. Que é o oxigênio. Que é o elemento fundamental na respiração e metabolização química e produção de energia.

Porem, também prejudica as funções vitais, levando as células a morte. Com consequencia o envelhecimento e a morte do ser.

Enquanto os menores possuem menos material vital, e usam muito menos o oxigênio.

Existem besouros que nascem num meio tampado com pouco oxigênio, e ainda consegue viver por alguns dias.


Ou seja, a evolução ainda não cuidou de todos os detalhes para produção e permanência da vida.


Nenhum comentário:

Postar um comentário